domingo, 20 de junho de 2010


FALE o que SENTE...

4
Eu vivo em um mundo que gira
Que não para pelo outros
Os dias amanhecem iguais
Anoitecem iguais
Crescemos sem destino algum
Construimos nossos passos através de nós
Escolhemos com quem continuaremos os dias
Erramos todas as horas
E dentre eles aprendemos a evoluir
Sentimos muitas emoções 
Que nos levam da felicidade a tristeza 
Que fazem amarmos e odiarmos
Não evitamos se gostamos
É algo fora de nossas mãos
Foge dentre nossas loucuras
Não importa como
Não importa onde
Se sentir fale
Se fugir não se arrependa
Se chorar chore
E se apenas amar
AME... 

4 comentários:

  1. Saudações!
    Amiga, esse belíssimo poema você foi buscar nos recônditos de sua bondosa alma!
    Parabéns por mais um lindo Post!
    Abraços,
    LISON

    ResponderExcluir
  2. O bonde anda...
    ahahaha nao dá pra parar mesmo.
    abçs

    ResponderExcluir

Meu espaço foi feito, para ser apreciado de todas as maneiras.
Se você caro leitor sentir-se a vontade comente e expresse sua opinião, será um prazer ler suas palavras e retribuir a gentileza.
Dos traços mais alegres, das linhas mais decisivas o mundo em seu contorno é uma eterna poesia.
Fiquem a vontade.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...